quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Prevenir, uma boa idéia


Por Ederson da Silva dos Reis

No Brasil, o numero de acidentes é freqüente, mormente nos grandes centros urbanos, onde o fluxo de pessoas é maior. Na maioria dos casos, os acidentes decorrem da imprudência, negligência ou imperícia do causador, que expõe a si e aos outros.
Acidentes geram agravantes, ou seja, danos e prejuízos ao patrimônio próprio ou alheio, que culminam, amiúde, em perdas materiais, lesões humanas e seqüelas físicas ou morais, colocando em xeque a proteção da integridade física, mental, familiar, ambiental ou econômica.
Convém ressaltar, que os fatores (imprudência, negligencia ou imperícia) que geram acidentes, devem ser evitados devido aos efeitos ou conseqüências que causam a sociedade de modo geral, como o aumento de despesas com seguros, que poderiam ser aplicadas na educação preventiva de acidentes.
Diante disso, em premência, faz-se necessário conscientizar a sociedade sobre as benesses da adoção de atos preventivos, que avaliem e evitem acidentes. Fazendo assim, doravante teremos uma redução significativa no numero de acidentes e agravantes.


Um comentário:

Sandro D. disse...

Graça e paz, sempre!

Passei por aqui para conhecer seu blog.
Estou procurando bons blogs para compartilhar.

Já estou te seguindo.

Ficaria muito feliz se puder me visitar.
Se quiser me seguir também será um prazer para mim.

Abraço em Cristo,

Sandro
http://oreinoemnos.blogspot.com/
Te espero lá.